Blog

Pagamento do décimo terceiro deve injetar R$ 200 bilhões na economia

O pagamento do décimo terceiro salário deve injetar cerca de R$ 200,5 bilhões na economia brasileira este ano, um crescimento de 4,7% na comparação ao ano passado. O valor previsto corresponde a cerca de 3,2% do Produto Interno Bruto (PIB) do país e foi divulgado hoje (8) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O levantamento não considera trabalhadores autônomos e assalariados sem carteira que devem receber algum tipo de abono de fim de ano. Cerca de 83,3 milhões de brasileiros devem receber o décimo terceiro salário, benefício que é pago aos trabalhadores com carteira assinada, beneficiários da Previdência Social e aposentados e pensionistas da Un

Alta carga tributária em novos empreendimentos.

Abrir o próprio negócio para realizar um sonho e se ver livre do patrão é o desejo de muitos brasileiros que sonham em ver seu negócio impulsionando a economia do país. Porém breve analise em nosso sistema aponta a alta carga tributária como inimiga das novas empresas. Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a taxa de falência das empresas com até dois anos de funcionamento corresponde a 24,4%. O Sebrae afirma que uma em cada quatro novas empresas não duram dois anos após sua abertura. No Brasil, a qualidade do sistema tributário decaiu e as empresas que não se enquadram no Simples Nacional se submetem a enormes custos apenas para cumprir as obrigações fi

Cartão de loja é o tipo de crédito que mais leva à inadimplência.

Os cartões de crédito associados às lojas são hoje a forma de financiamento que mais leva o consumidor para a inadimplência. Entre os devedores que têm esse tipo de cartão, 80% estão com o nome sujo justamente por causa dele. No ano passado, o índice era de 73%. A conclusão é de um levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as capitais. Na segunda colocação aparecem os empréstimos em bancos e financeiras, que lideravam o ranking em 2016 com 75% e agora estão dez pontos percentuais abaixo. Na sequência, aparecem os cartões de crédito (65%), os cheques especiais (64%), o crediário (60%), os cheques pré

Inadimplência no comércio: Saiba como lidar.

Abrir uma empresa pode representar lucro, mas ela depende de clientes para tudo fluir. E quando há inadimplência? Ter bons clientes é o sonho de todo empresarial: Receber no prazo pagamentos, trabalhar com os lucro e conseguir a expansão do negócio. Essa é a lógica que todos esperamos. Mas a realidade empresarial existe em um cenário real. Diversos empresários cujo os quais atendi, relatavam que a inadimplência era um dos fatores principais para que a empresa não pudesse pagar suas contas. Em empresas menores, com a falta de experiência, muitas brechas são abertas e na ânsia de adquirir clientela, entra-se em uma armadilha. Se a venda for a prazo, é indispensável ver o histórico do comprador

Que tal ler nossos  E-books Gratuitos?

Abaixo estão nossos conteúdos recentes.
  • YouTube
  • Facebook
Precisa de mais informações?

Estamos aqui para ajudá-lo. Entre em contato por telefone, email ou redes sociais.

(65) 9 9919-1250

(65) 3028-4153 /

Rua Tenente João Batista Leite Silva | Nº 129 | Bairro Araés

Cuiabá - MT - CEP: 78.005 - 590

© 2018 ML - Todos os Direitos Reservados

      Filiais

GO / PA / PR / SP / DF