Quais são as Regras do Cheque Especial?

Legalização de empréstimo dinheiro. Simples, quando usamos o limite do cheque especial, os bancos nos emprestam dinheiro. Assim, de acordo com as informações cadastrais e a movimentação financeira do cliente, é estipulado um limite de crédito. Um cliente com limite de R$ 2.000, por exemplo, pode gastar esse valor ao longo do mês mesmo que só tenha na conta R$ 500. Mas, para isso, os bancos cobram juros. Como se trata de uma linha de crédito em que os empréstimos são concedidos sem garantias, os custos são elevados. 

 

Dívidas fazem parte do cotidiano de mais de 60 milhões de brasileiros. Parte deste todo não consegue economizar de forma efetiva. 

 

Então, qual é a solução? Para muitos, equivocadamente a solução está no cheque especial – e no juros que vem com ele.

 

Cerca de 40% dos brasileiros estão à mercê dos juros do cheque especial. Como? A sensação de alívio imediato ao pagar as contas é a principal influência na hora de decidir pelo cheque especial.  Porém, o problema de endividamento está apenas começando

É possível escapar dos juros do cheque especial?

 

SIMMMMM

 

1 – Não use o limite de crédito da conta corrente, salvo se for para poucos dias, em situação de emergência;

2- Não parcele a fatura do cartão de crédito;

3 – Troque as dívidas com juros altos (limite da conta corrente e cartão de crédito) por contratos oferecendo garantia, bens ou avalistas, para conseguir juros menores;

4 – Não faça economia, poupança, etc., se tiver dívidas a pagar, pois os juros das dívidas SEMPRE serão maiores do que os teus rendimentos.

5- Se você realmente precisa pedir dinheiro emprestado para o banco, o melhor é optar pelo empréstimo oferecendo garantias ao banco. Por quê? Porque os juros são menores do que do cheque especial, podendo cair até metade do valor.

 

Limite do cheque especial na sua conta corrente.

 

Uma outra maneira de você fugir dos juros do cheque especial é retirar o limite de crédito e gastar apenas o valor que é positivo, que é teu. Converse com o gerente que isso é possível fazer.

 

Nunca esqueças que os juros são os lucros dos bancos. Eles sempre querem ganhar os juros. Você não precisa pagar juros para ter conta em banco, basta não usar o dinheiro do banco.

 

Inadimplência e estouro do limite do cheque especial Quando o cliente não tem dinheiro na conta no dia em que o banco debita a utilização de crédito daquele mês ou se a pessoa estoura o limite do cheque especial (gasta mais que o valor determinado para o período de um mês) deve pagar juros mais multa sobre o total da dívida.

 

Cancelamento do serviço

 

É importante exigir do banco, no momento do cancelamento, um documento protocolado. Nele devem constar a solicitação, o carimbo do banco com a data e a assinatura do funcionário que recebeu o pedido. É importante também guardar o extrato bancário que comprove a operação de cancelamento do cheque especial por cinco anos, no mínimo. Dessa forma, se houver alguma cobrança indevida, o correntista tem como provar que pediu o cancelamento do serviço. Reclamações O consumidor que tiver problemas com a instituição financeira deve recorrer primeiro aos canais de atendimento do próprio banco.

 

 

Gostou do post? E fique à vontade para escrever um e-mail: contato@mattoslimoeiro.com.br  Aproveite para curtir nossa fan page no Facebook e para acompanhar nossas atualizações no Instagram!

 

 

 

Fonte: Febraban

 

LEMBRE-SE: este post tem finalidade apenas informativa. Não substitui uma consulta a um profissional. Converse com seu advogado e veja detalhadamente tudo que é necessário para o seu caso específico.

Compartilhe com seus amigos!
Twittar sobre isso!
Compartilhe com sua rede!
Curta esse post!
Please reload

Posts em destaque

DÍVIDA BANCÁRIA RURAL - BANCOS DIFICULTAM NEGÓCIAÇÃO VISANDO O ARRESTO DE FAZENDAS.

August 22, 2019

1/10
Please reload

Posts recentes