Juros recuam após ata, corte de compulsório e exterior

Os juros futuros começaram o dia sem direção única, mas há pouco todos caíam, em reação à ata do Comitê de Política Monetária (Copom), que manteve percepção de mais cortes da Selic, e após o corte de compulsório de 25% para 17% e a decisão do Conselho Monetário Nacional (CMN) de autorizar o BC a dar empréstimos a instituições financeiras garantidos em debêntures e de autorizar os bancos a captarem por meio de depósitos a prazo com garantia especial (DPGE).

Os mais longos começaram em forte alta, mas passaram a cair com a melhora no exterior após o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) anunciar novos estímulos econômicos em meio à pandemia de coronavírus. O mercado acompanha agora a entrevista do presidente do BC, Roberto Campos Neto. Ele disse que "é importante manter condições monetárias estimulativas, sem prejudicar inflação".

Posts em destaque
Posts recentes
Arquivo
Encontre por Tags
Siga-nos
  • Blog Dicas e Direitos ML
  • Instagram Mattoslimoeiroadv
  • LinkedIn Fabianie Mattos
  • Pinterest Mattos Limoeiro
  • Facebook Mattos Limoeiro
  • Twitter Fabianie Mattos

(65) 9 9919-1250

(65) 3028-4153 /

Rua Tenente João Batista Leite Silva | Nº 129 | Bairro Araés

Cuiabá - MT - CEP: 78.005 - 590

© 2018 ML - Todos os Direitos Reservados

      Filiais

GO / PA / PR / SP / DF