Inadimplência no comércio: Saiba como lidar.

 

 

Abrir uma empresa pode representar lucro, mas ela depende de clientes para tudo fluir. E quando há inadimplência? Ter bons clientes é o sonho de todo empresarial: Receber no prazo pagamentos, trabalhar com os lucro e conseguir a expansão do negócio. Essa é a lógica que todos esperamos. Mas a realidade empresarial existe em um cenário real.

 

Diversos empresários cujo os quais atendi, relatavam que a inadimplência era um dos fatores principais para que a empresa não pudesse pagar suas contas.  

 

Em empresas menores, com a falta de experiência, muitas brechas são abertas e na ânsia de adquirir clientela, entra-se em uma armadilha. Se a venda for a prazo, é indispensável ver o histórico do comprador. Não investigar isso e documentos importantes acabam sendo uma prática de risco. 

Mas como te auxiliar nestas situações? A seguir separados algumas 5 dicas para te ajudar nesse sentido. Leia, assimile e pratique-as

 

1 - Conheça o seu cliente/ Faça analise de dados

 

Você usar o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e a Serasa Experian para ter acesso aos dados dos clientes, sabendo quais são considerados maus pagadores e bons pagadores 

Isso lhe dará mais segurança para vender crediário, além de contribuir para o controle da inadimplência no país. 

 

2 - Tenha um bom sistema de cadastro 

 

Invista na tecnologia para registrar o cadastro de todos os clientes e  arquivar o histórico de compras e pagamentos. Com isso fica mais fácil controlar pagamentos e a evolução ou involução do crédito oferecido.

Exemplo: Quem paga e compra com assiduidade, pode ter seu limite ampliado. Isso aumenta suas vendas e a fidelização deste cliente. 

Investir em tecnologia é ter forte aliada nos processos de organização empresarial, ajudando com a implementação do crédito e manutenção de clientes. 

 

3 - Coloque limite na primeira compra

 

Em caso de crediário ou boleto, seja cauteloso na primeira compra de um cliente. Não conceda uma linha de crédito muito extensa da primeira vez. Aumente conforme for recebendo o valor integral do pagamento.  

 

4 - Gerencie compras conforme as épocas do ano

 

Todos sabemos que após as compras do natal, o inicio do ano costuma ser difícil e conta com um orçamento apertado. Sendo assim, gerencie melhor compras e a entrada de cheques e parcelamentos. Não tenha receio em garantir a segurança do seu negócio

 

5 - Firme contrato em grandes vendas

 

Vai vender uma quantia expressiva a prazo com crediário próprio e se responsabilizará pelo recebimento? Firme contrato e peça garantia e  aval de terceiros. 

 

REVERTENDO A INADIMPLÊNCIA

 

A solução mais viável é lembrar o cliente da dívida, seja enviando e-mail ou ligando amigavelmente propondo um acordo a fim de evitar meios judiciais.

Para casos extremos há a necessidade de cobrança judicial. 

 

Seguir essas dicas garantirá um bom relacionamento com seu cliente e minimizará danos empresariais. 

Gostou do post e quer receber mais dicas de como lidar com os processos empresariais, conseguindo os melhores resultados? Então curta a nossa página no página no Facebook e fique por dentro das novidades!

 

 

 

 

 

Compartilhe com seus amigos!
Twittar sobre isso!
Compartilhe com sua rede!
Curta esse post!
Please reload

Posts em destaque

DÍVIDA BANCÁRIA RURAL - BANCOS DIFICULTAM NEGÓCIAÇÃO VISANDO O ARRESTO DE FAZENDAS.

August 22, 2019

1/10
Please reload

Posts recentes
Please reload

Arquivo